segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Livro de cabeceira: Melhores trechos de Gabito Nunes

Conheci esse escritor pela Yasmin Siqueira (confira a postagem sobre a Yas aqui) e me encantei. Para inaugurar a nova tag Livro de Cabeceira aqui do blog, conheça o autor e algumas das suas melhores frases!


Sobre o escritor
Além de escritor, Gabito Nunes é um homem que gosta de discutir a relação. Nascido em Porto Alegre/RS, publicitário de origem, trocou a abortiva rotina de dono de agência pra se dedicar exclusivamente à tarefa de redator. 
Gabito Nunes fotografa mentalmente o cotidiano afetivo e o descreve num peculiar estilo tragicômico sem compromisso com o erudito, trazendo retratos poderosos do amor e derivados. 
Transpirado e inspirado na escola gaúcha de escritores notórios, cresceu absorvendo nomes como Luis Fernando Verissimo, Caio Fernando Abreu, Carpinejar e Claudia Tajes.

Seus livros
Ao norte ($24,99)
Sempre chove no meu carnaval ($8,99)
O tudo que sobrou ($8,99)
A manhã seguinte sempre chega ($26,90)
Melhores frases
Tu merece alguém que abra os olhos diariamente e pense: “cara, eu tô com ela, eu sou o namorado dela!”. Que goste da tua boca, do teu ombro, do teu cabelo bagunçado, do teu calcanhar, da tua cintura, das tuas mãos, do cheiro da tua pele, das sardas do teu rosto. E isso vai acontecer naturalmente ao você se dar conta de que tu é bonita, no âmago e na lata. Um dia serás o amor da vida de alguém, do jeitinho que tu é. Acorde hoje e repita: “eu sou bonita.
 


‎Eu explico. Eu quero uma namorada. Gastei duas horas revirando poemas do Neruda para recitar acidentalmente para a garota, na hipótese de passearmos pelas calçadas no ressoar cálido da alvorada, e ela me vem ao encontro romântico já sem as calcinhas. Parece excitante, soa excitante, mas isso é triste. É primavera, poxa, e as pessoas deveriam esperar ramalhetes de flores e ir a encontros integralmente vestidos. Estou procurando alguém para admirar a beleza da barriga quando estiver grávida de um filho meu, e não uma transa infame. 
Porcaria!

Deixem seus ex-namorados em paz. Eles ainda são safados, mornos e desatentos. Carência não é saudade.

''Saudade não é um bom motivo para ter de volta as pessoas que você tratou com descaso enquanto estavam do seu lado.''

"E como dois corpos não ocupam o mesmo lugar, você precisa sair de si pra que eu possa entrar."

"Sentir saudade é ter a ausência sempre do seu lado. É mudar radicalmente a rotina, comer mais salada e menos sorvete, frequentar lugares esquisitos, ter dias mais compridos, ter tempo para os amigos, para o vizinho e para a iguana do vizinho. A saudade é a inconfortável expectativa de um reencontro."

''Às vezes a saudade é tão grande que nem é mais um sentimento. A gente é saudade. É viver para encontrar o olhar da pessoa em cada improvável esquina, confundir cabelos, bocas e perfumes, sorrir com os lábios tendo o coração sufocado. Porque mesmo a saudade sendo feita para doer, às vezes percebemos que ela é o meio mais eficaz de enxergar o quanto amamos alguém, no passado ou no presente."




Gostaram do estilo do autor? Um beijo!  

4 comentários:

  1. Oi Carol
    Eu adorei o estilo desse autor e muito legal a frase linda

    Seguindo seu blog ^^

    bjos e ótimo dia

    http://jhdocemel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Amei as frases, fiquei curiosa para ler os livros dele agora!

    beijo
    www.misssainha.com

    ResponderExcluir
  3. Sempre gostei do Gabito. A forma como ele escreve, bá! Tudo de bom. Fiquei com uma vontade danada de ler esse livro, até procurei pra baixar, mas não achei :( Teu blog tá lindo, parabéns. Beijos.

    ResponderExcluir

Caso queira, deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir o comentário.
Um beijo!